Beco sem saída


beco_sem_saidaJairo era um homem rico, poderoso, culto, inteligente e famoso. Tinha aparentemente tudo que um homem precisa para ser feliz. Mas vivia atormentado por um problema que se tornava insolúvel à medida que o tempo passava. Sua filhinha estava condenada à morte pela ciência médica de seus dias. Não havia solução humana para seu estado. O dinheiro, o poder e a cultura de nada lhe serviam. Estavam num beco sem saída. Naquele tempo, andava pela Galiléia um homem chamado Jesus. Multidões O procuravam. Na Sua presença cegos enxergavam, paralíticos andavam, leprosos eram curados. Todos eles chegavam até Jesus com saúde quebrantada e os sonhos feitos em pedaços. E retornavam para casa em paz e com uma nova dimensão da vida.

Alguma coisa falava lá no fundo do coração de Jairo que sua única esperança estava em Jesus. Mas ele não podia alimentá-la. Geralmente, os que O seguiram eram ladrões, prostitutas, leprosos e miseráveis. Como ele, poderoso, inteligente e culto, podia juntar-se ao povo simples e correr atrás de Jesus?

Os dias passavam e a menina entrou em estado de coma. Ao ver sua filha morrendo, Jairo não resistiu mais. Procurou Jesus, caiu aos Seus pés e disse: “A minha filha está morrendo! Venha e ponha as mãos sobre ela para que sare e viva!”

Você percebeu? Jairo não pede ajuda. Jairo não deixa o problema nas mãos de Jesus, não diz “seja feita a Tua vontade”. Jairo ordena. Afinal de contas, líderes foram feitos para dar ordens, para comandar, para mostrar o caminho. Líderes não se submetem, não seguem, não suplicam. Mas, no relacionamento com Jesus, as coisas são diferentes: você não é o maior quando comanda, você cresce quando é comandado.

Veja Jairo, de joelhos, querendo dirigir Jesus. Podem os homens ajoelhar-se e estar, inconscientemente, querendo dizer a Deus como é que as coisas devem ser feitas? Jesus não discutiu com Jairo. Foi com ele. Mas demorou. E quando Jesus demora é porque tem para nós algo maior. A filha de Jairo morreu e esse foi o início da experiência que realmente conta na vida dele. A sua filha morreu, e ele renasceu.

Depois da morte da filha, Jairo não comanda mais, é comandado. Não dirige mais, é dirigido. Não é ele quem leva Jesus pelo braço. Jairo coloca a mão no braço poderoso de Jesus e é levado por Ele. A filha estava morta, mas Jesus entrou e a filha ressuscitou, porque Ele é a vida.

Que grande dia para o líder. De manhã procurou Jesus, buscando uma cura. Jesus demorou, mas ao anoitecer lhe deu uma ressurreição.

Comandar ou ser comandado No reino de Deus, as coisas são diferentes. É quando o grão morre que renasce transformado em muitos grãos; é fazendo-se pequeno que se cresce; é morrendo que se vive. (Escrito pelo Pr. Alejandro Bullón)


Você está em : Textos
Compartilhe:


Comente



  • Tatiane em 28 de novembro de 2013 23:55

    tremendo como é as coisas no reino de Deus!



  • Jeane em 26 de novembro de 2013 11:11

    Que lição!!!! meus olhos se encheram que lágrimas ao ver que Jesus sta no controle de tudo. Basta irmos a ele e de alguma maneira ele nos transforma. Amém.



  • deancisca em 26 de novembro de 2013 9:16

    Muito linda essa mensagem.Serve de reflexão para todos nós.