Penina. A mulher irritante.


Duas mulheres e um marido. Um tanto comum na Bíblia. Exemplos de sobra que provam que a poligamia não dá certo. O que funciona mesmo é o casamento. Um homem e uma mulher. Isso sim é invenção de Deus, lá na criação do planeta.

Duas mulheres e um marido. Uma boazinha. A outra, uma “cascavel”… Que me perdoem as serpentes. O marido chamava-se Elcana. Elcana parece que gostava mais da que era boazinha, chamada Ana. Já a “outra”, cujo nome era Penina, tinha uma grande vantagem para aquela época: dava filhos. Tinha filhos. Ana, porém, era estéril. Não tinha essa bênção.

Não é de Ana, que depois foi mãe de Samuel, que quero destacar na mensagem de hoje. Quero falar de Penina. Sim, ela mesma, a “cobra” da história. E se você quiser encontrar um culpado na história de infelicidade dessa família desajustada, comece a jogar pedras no marido, Elcana. Quem mandou ter duas mulheres!

A vida naquela casa não era fácil. Todos os anos a família de Elcana viajava para Silo, cidade onde estava concentrada a adoração ao Senhor Deus. Lá ofereciam sacrifícios ao Todo-poderoso. Veja, porém, que coisa engraçada (para não dizer trágica) acontecia: Elcana dava pedaços de carne para Penina e para os filhos dela. Para Ana, porém, o marido dava tudo em dobro. Ele amava Ana, apesar dela não ter tido filhos.

E o que fazia Penina? Imagine o que faz uma mulher enciumada, rejeitada, desprezada, deixada de lado, marginalizada pelo marido… Penina não tinha pena. O prazer de Penina era ridicularizar a rival. E qual era a ferida de Ana que Penina cutucava com prazer? O fato de Ana não ter filhos. E ela fazia isso sordidamente. A Bíblia diz que Penina “provocava excessivamente [Ana] para irritar”. E fazia isso todos os dias. Todos os anos. A Ana, coitada, que recebia tudo em dobro, não conseguia sequer comer. Só chorava.

Eu não sei o que aconteceu com Penina quando Ana ficou grávida de Samuel. Samuel foi entregue ao templo, consagrado ao Senhor. Mas a história não terminou aí. Ana ficou grávida novamente. E mais uma vez. E mais outra, e mais outra, e novamente, pela quinta vez. Além de Samuel, teve três filhos e duas filhas.

A lição de tudo isso? Não faça como Elcana. Não aja como Penina. Faça como Ana. Peça e confie na resposta do Senhor.


Você está em : Textos
Compartilhe:

Comente



  • valdecy em 8 de maio de 2014 2:07

    é um estudo muito pratico é o que nós vemos hoje em muitos casamento no nosso dia-dia,mais vamos ora pra que DEUS os abençoe todos lares e mães de todo o pais.eu desejo um maravilhoso dias das mães pra todas elas de toda parte do mundo que DEUS vos abençoe amém.



  • ivo neves em 24 de abril de 2014 22:56

    penina sempre existem em nosso viver sempre tem uma mais a hora de cantar chega pois a vida não é somente luta e tristeza mais paz e alegria e vitorias tambem



  • Joao em 16 de abril de 2014 17:02

    Eu queria saber a familia de penina



  • cardoso em 31 de março de 2014 0:38

    Massa



  • jorge batista em 26 de março de 2014 11:20

    foi bom agente sempre falamos ana e não penina.



  • MARCIA em 5 de março de 2014 18:14

    FOI MUITO BOM ESSE ESTUDO PARA NOSSA EDIFICAÇÃO ,SE ESTÁ NA PALAVRA DE DEUS É PARA O NOSSO APRENDIZADO.



  • Valdenir costa santos em 21 de janeiro de 2014 10:49

    essa historia é maravilhosa. gostei. é um aprendizado na nossas vida o sofrimento faz parte. na hora certa DEUS responde com fogo. a sim como fez com Ana



  • shirley da silva em 13 de novembro de 2012 12:18

    Realmente muito bom, nós não devemos nos abalar com as tentações de peninas do mundo mais sim o que o SENHOR tem pra nós.



  • Juliana Simões em 22 de outubro de 2012 11:18

    Mto bom Deus exalta os humilhados os humildes de Coração!



  • RITA PINHEIRO em 1 de novembro de 2011 17:00

    mto legal a reflexão sobre ana..uma mulher perseverante sem dúvida..tinha tudo pra desistir, mas não deu mole..mesmo chorando ia a casa do senhor em siló..



  • juliana em 4 de junho de 2011 17:22

    abençoado msm esse texto. que o senhor continue te ensinando



  • Lucas em 30 de maio de 2011 18:10

    sou um jovem chamado pelo senhor pro dom da palavra.
    e essa menssagem me ajudou mto para uma palavra que levarei a outra igrej daqui há uns dias..

    obrigado!
    Apaz do Senhor



  • Jaqueline em 27 de abril de 2011 18:37

    Muiito lindo mas que deixa uma grande lição para todos nós que queremos constituir um lar fimado na rocha que é Jesus Cristo.



  • rodrigo em 27 de abril de 2011 11:57

    pastor tem muitos Elcana por ai.Eu mesmo conheço uns.q esse tx possa dar exemplos para cada um deles!!!Q Deus te abençoe…



  • zenaide em 26 de abril de 2011 23:06

    valeu amilton Deus o abençoe



  • Eduardo Gomes em 24 de abril de 2011 8:24

    Valeu a pena Ana confiar no SENHOR.
    Amilton, continue firme nos seus propósitos. DEUS o abençoe.



  • lenir almeida da mota em 21 de abril de 2011 19:48

    gosto muitoda história de Ana, gostei muito,continue com esse trabalho e voce vai ajudar muitas pessoas. que DEUS o abençoe.



  • Sandra em 19 de abril de 2011 11:58

    Maravilhoso texto, enriquecedor, reflexivo,

    Deus o abençõe!



  • Aparecida Baida em 18 de abril de 2011 11:13

    Só o Senhor empobrece e enriquece. abaixa e também exalta. até a estéril teve sete filhos, e a que tinha muitos enfraqueceu. Deus abençoe Amilton.



  • Ana Paula em 18 de abril de 2011 8:55

    Como se diz, para o bom entendedor meia palavra basta! A mensagem que este texto traz é bem clara. Edificante!

    Que Deus continue te abençoando!



  • Sirlene soares em 18 de abril de 2011 8:22

    Otima mensagem que nos deixa uma lembrança: Deus sempre atende a oração dos aflitos. Ele ama as Peninas também e quer abençoa-las se elas humildemente buscarem a Deus com arrependimento.



  • Shara em 17 de abril de 2011 19:52

    Muito bom! Deus abencoe…



  • Marilucia em 17 de abril de 2011 15:37

    Achei ótima a conclusão do texto e fiquei pensando na tristeza de muitas Peninas que estão por aí, fazendo de tudo para chamar a atenção e sarvindo apenas de objeto.
    O que aconteceu com Penina depois da gravidez de Ana?
    Esta pergunta tem muitas respostas, um dia saberemos a verdadeira.



  • Ana Carolina Gomes da Costa em 16 de abril de 2011 23:06

    Que benção, essa mensagem foi uma benção pra mim neste momento, acabei de fazer uma oração de pedido, clamor. Agora é confiar e Deus com sua graça responderá. Vocês são bençãos.



  • claudinei em 16 de abril de 2011 14:01

    foi muito bom bem focado nos fatos da historia.



  • wilson borges da cruz em 16 de abril de 2011 12:22

    Gostei dessa mensagem , pois serve de exemplo ,para os irmãos que querem viver nessa mesma situação. e olha tem muitos perdidos por este motivo, muito bom, Amilton.



  • luciana em 15 de abril de 2011 23:40

    Gostei muito desta mensagem, tanto que gostaria que fosse mais detalhado. Parabéns é inspirador.



    • Amilton Menezes em 16 de abril de 2011 9:06

      Andrea e Luciana, obrigado. Esse texto faz parte de uma série que estou escrevendo sobre personagens bíblicos que tem seus nomes mencionados uma ou duas vezes na Bíblia. Às vezes é citado (a) uma vez, em uma lista genealógica, porém o significado do nome, as circunstâncias ou situações que viveu oferecem uma boa lição ou aplicação para os tempos de hoje.
      Como o conteúdo está sendo preparado, orginalmente para o rádio, isso tem tempo limitado. Até a quantidade de palavras é contada…
      As observações e sugestões sempre são bem-vindas!



  • Andrea em 15 de abril de 2011 17:08

    Um tanto qto vago…



  • Edneuma em 15 de abril de 2011 14:19

    Muito bom esse texto..
    Parabéns Amilton pelos posts.
    Deus abençoe seu trabalho. Abraços.



    • Deusemar em 29 de abril de 2011 10:36

      Obrigada, meu querido. Me foi muito útil esta mensagem. Que Deus ti abençoe, e continue ti usando no seu Ministério. Graça e Paz.